quarta-feira, setembro 04, 2019

A Lira

A lira alva
como a aurora
treme e chora
em doce canção

seu ser estava
vazio embora
esteja agora
pleno então

A lira asperge
seu doce canto
Atrai no entanto
minha atenção

seu som prossegue
Qual suave manto
imerso em pranto
A sua canção.

Nenhum comentário: