sexta-feira, maio 03, 2019

O livro das semelhanças - um envolvente labirinto de significados

Neste final de semana, terminei a leitura de O livro das semelhanças. Escrito por Ana Martins Marques, uma das maiores vozes da poesia contemporânea, este livro foi como um mapa que se desdobrava e cujas legendas iam mudando à medida que eu olhava novamente. Um mapa que ao mesmo tempo era um labirinto.

Ana Martins Marques é uma poeta premiada, vencedora de prêmios como o da Biblioteca Nacional. Porém, arrisco dizer que ainda assim nenhum prêmio faz jus ao seu trabalho artístico. Sei que não tenho qualquer credencial para auferir juízo de valor à poesia de alguém, a não ser a de leitor. Portanto, posso dizer que, para mim, Ana Martins Marques tem uma obra que ultrapassa a literatura e lança profundas raízes no campo da filosofia.

Sendo assim, os poemas que compõem O livro das semelhanças são profundos e equilibrados, ricos em vozes e sentidos. Como um prisma que decanta os espectros da luz, a poesia de Ana Martins Marques decanta a palavra em seus múltiplos sentidos.

Ficha Técnica
O livro das semelhanças
Ana Martins Marques
Companhia das Letras
Ano: 2015
Páginas: 112
Perfil do livro no Skoob: https://www.skoob.com.br/o-livro-das-semelhancas-516449ed523318.html

4 comentários:

Pam disse...

Samuka, o meu sonho era ser uma poeta tipo ela e ler resenhas assim. Kkkkkk Do pouco que conheci do livro, a medida que você ia lendo alguns poemas para mim, já consigo compreender suas palavras.
Agora eu que vou ler esse livro todo. Amei a resenha e obrigada por mais esta recomendação. Te amo.

Samuel Medina (Nerito) disse...

Obrigado por seu comentário. Depois de ler o livro, dê um pulo aqui de novo para a gente conferir as leituras, ok? Beijo!

Beatriz Myrrha disse...

Adorando te ler, Samuel!
Grata!

Samuel Medina (Nerito) disse...

E eu estou adorando ser lido por você, Beatriz! <3