sábado, fevereiro 29, 2020

Preciso trocar os meus óculos

Lá fora, a cidade queima.
Numa ânsia fratricida,
seres humanos lutam
pelo direito de se matarem.
Alguns, já marcados,
sabem do pouco
que lhes resta.
Outros tripudiam
sobre os corpos inertes
memórias e nomes
de tantas.
Enquanto isso, sinto
não só a miopia
mas as marcas
nas minhas lentes
embotando minha visão.
Sim, preciso trocar os
meus óculos.
Antes que o outro
Desapareça
e eu já não possa
lhe estender a mão.

Nenhum comentário: