quarta-feira, julho 11, 2012

Ensaio

Hoje Bach é nosso Mestre. Estamos ensaiando a Cantata número 140. A peça é longa, e ainda estamos no primeiro movimento, de forma que estes são nossos primeiros passos. O ensaio é árduo, mas não deixa de nos dar prazer pela beleza e graça da melodia composta por Johan Sebastian Bach. A dificuldade também se impõe por conta da linguagem. A pronúncia é alemã e a música polifônica, o que significa que cada naipe do coro deve cantar uma melodia diferente. Juntas, essas melodias então criam algo sublime. Arrisco afirmar tal coisa, mesmo que ainda estejamos no início de tudo. Ainda arranhando a superfície, já percebemos a força da obra de Bach através do tempo.

Nos aventuramos pelas notas pela mão humana, porém prodigiosa, daquele que é conhecido como o "Pai da Música". A cantata fala das bodas de Jesus com a Alma humana. O texto é livre inspiração de trechos de Cânticos dos Cânticos, de Salomão, e Apocalipse, de João. A poesia de cada trecho procura acompanhar a beleza celestial das notas musicais.

A melodia se liquefaz, como ouro derretido. É quando a grave voz do baixo dá uma profunda firmeza, não deixando que a fluidez se perca. Sabemos que a melodia é difícil. Buscamos uma integração que só virá com o amadurecimento. Estamos a caminho disso e, ao encerrarmos o ensaio, temos a certeza de que o céu nos tocou.

4 comentários:

Dora Delano disse...

Wachet auf, ruft uns die Stimme

=]

Nerito disse...

Uai, Dora, vou te convidar pra cantar com a gente... Que tal? "der Wächte sehr hoch auf der Zine, wach auf, du Stadt Jerusalem!"...

Dora Delano disse...

mamãe me ensinou a ser sincera: copiei do google quando fui pesquisar a música =p

Tyr Quentalë disse...

Meu filho faz canto por conta d Escola de Musica de Brasília e sempre que a turma dele se apresenta, acho maravilhoso. Fico imaginando as aulas e o domínio que eles precisam aprender para cantar apenas a parte deles e não entrar na parte das outas vozes.
Espero que você continue por esses meandros, pois a música acalma o espírito.