quarta-feira, julho 18, 2012

Centésima postagem!

É isso, chegamos à nossa postagem número 100. Esta foi uma longa estrada e, confesso, não imaginei que me levaria tão longe.

O blog mudou muito ao londo dos anos. Apesar do histórico recente (2011), a tentativa de me expressar por este espaço remonta os idos 2005. Apenas uma pessoa lembra de que, naquele tempo, este era um espaço totalmente voltado à ficção de fantasia, como deixei registrado em As muitas razões de ser. Falo de minha amiga Tyr Quentalë que, como deixo claro no texto anterior, teve um papel muito importante para a sobrevivência do blog.

O tempo, porém, fez o seu papel, conservando algumas coisas e deixando que outras fossem lançadas no esquecimento. Como é propósito de minha escrita atual, busco resgatar um pouco dessa história que o tempo alterou; procuro reconstruir mediante a ficção aquilo que achamos que falta em nós: a fantasia, o sonho, o devir.

Creio que pouca coisa em minha vida encarei com tanta seriedade. Esse compromisso de manter três postagens semanais, com abordagens específicas, foi uma forma encontrada para me forçar a produzir com mais frequência, de maneira que eu pudesse estar sempre em desenvolvimento. Confesso que não tenho a disciplina que gostaria. Os textos que publico aqui não são totalmente novos. Alguns o são, como a postagem de segunda-feira. Outros, nem tanto.

Apesar disso, acredito que o crescimento veio. E os momentos de longo silêncio também fizeram parte do processo. Mas o maior ganho de todo esse tempo foram os amigos que conquistei (ou reencontrei) ao longo desse tempo. Amigos que me conquistaram também. Dessa forma, aí vai meu especial agradecimento a Simone Teodoro, Rodrigo Teixeira, Cíntia Almeida, Dora Delano, Fefa Rodrigues, Rosa Croft, Ericka Martin, Luiz Henrique, Sérgio Fantini, Fernanda Cristina, Fernanda Teles, Vanessa Borges e novamente Tyr Quentalë. Os comentários de vocês (e de outros que não mencionei mas aos quais sou igualmente grato, além de todos os seguidores do blog) tornaram-se a força que me permitiu enviar o texto Ocaso para a seleção da Editora Andross. 

Não posso deixar de registrar aqui o incentivo de uma pessoa muito importante para mim: Ana Luiza que nunca tem cessado de me estimular e encorajar. A todo tempo dizendo para que eu não deixasse de enviar o texto, que não deixasse de escrever.

Assim, com essa coragem reunida, tive o prazer de ver o texto publicado na antologia Entrelinhas II. Viajei a São Paulo para o lançamento e mais uma vez a presença e incentivo radiante da Ana Luiza foi fundamental. 

Como todos puderam ver, o percurso foi longo e ainda está longe do fim. Ainda estou às voltas de um livro novo e luto para concluí-lo. Conto com a força de vocês novamente.

8 comentários:

Dora Delano disse...

o prazer em ler seus textos é meu. Continue escrevendo =].

Quero ver o post número 1000!

Rosa Maria disse...

Meu grande amigo, parabéns! Eu sempre acreditei em você e ainda acredito! Para mim você é um vencedor.
Sou sua fã, como já te disse inúmeras vezes. Continue escrevendo. Continue percebendo tudo com tanta sensibilidade.
Te adoro!!!!!

Nerito disse...

Amigas, obrigado pelas palavras de incentivo... se eu começar a chorar a culpa é de vocês...

Fefa Rodrigues disse...

Nerito... primeiro, fico feliz com a "prosperidade" de seu blog, pq gosto muito do que você escreve!!! Continue, sempre!!

Agora o meu "eba!!" por vc ter entrado no clube do livro hehehe... vc não sabe qts vezes tentei fazer um clube assim com meus amigos "não virtuais" e nunca deu certo... que bom que os amigos virtuais gostaram da ideia.

Apenas gostaria de dar um jeito de nós quatro, os membros do clube, conseguirmos nos comunicar a mesmo tempo... ja dou um jeito nisso!!!

Outra coisa, cada vez que eu troco ideia com vc, com a fe do Na Trilha, com a Dora e com a Orquidea, cresce minha lista de futuras compras.. este livro que vc citou sobre o tumulo dos Medici já fez minha curiosidade ir a mil só com seu breve comentário!!!!

Assim eu vou a falência hehehe

E sim, é assim que definem a literatura do Gabo, como Realismo Fantastico... tenho certeza de que vc vai gostar bastante!!

Obrigada por fazer parte do clube!!;o)

Fefa Rodrigues disse...

eu de novo!!!

criei esse grupo pra falarmos sobre o livro

clube_dumas@googlegroups.com

manda um email q eu te adiciono dai hehe

Ericka Martin disse...

Querido amigo. Leio seus textos sempre com um prazer renovado. Suas palavras me tornam uma leitora melhor. Sempre estarei te acompanhando (ainda que de longe), por tantos motivos que nem tenho como descrever. Seu sucesso ( e sim, ele será majestoso) será sempre renovação da minha admiração. Continue sendo este escritor e este amigo. Eu continuarei sendo sua leitora.

Tyr Quentalë disse...

Sempre fico sem graça quando encontro seus elogios, mas agradeço por todos que foram feitos. Adoro ler o que você escreve e peço perdão pela demora e sumiço. Esta sua amiga anda em crise, buscando reencontrar a paixão pela escrita, mas por enquanto, eu tenho agradecido o fato de ter criado coragem em colocar "o" Tyr Quentalë para uma revisão final e caçar futuramente alguma editora que realmente se interesse em publicá-lo. Acredite sempre Nerito, pois enquanto você acredita, tudo se torna possível, até mesmo o impossível!

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Nerito!

Obrigada por me mencionar! E fco muito feliz de ser parte disso tudo. Eu ia comentar outro dia, mas caiu a internet aqui em casa. Continue sempre!

Beijos!



PS; descobri a minha casa. Também sou Stark!