sexta-feira, novembro 18, 2011

Éden - um mundo de sentidos





ÉdenNinguém imagina o que as coisas são apenas como aparentam. Certo, algumas pessoas podem defender o materialismo com unhas e dentes, mas até mesmo estes irão concordar que as coisas que existem vão além de como as vemos, ou interpretamos.

Assim é a obra do quadrinista argentino Kioskerman (http://www.kioskerman.com.ar/). Apropriando-se de elementos comuns às fábulas e aos contos de fadas, ele reconstrói o sonho do paraíso perdido, batizando-o de Éden. Contudo, sua obra ultrapassa as barreiras de conceitos religiosos ou mitológicos. Ele apenas os utiliza como referência, para então dar asas a seus devaneios, mas de forma tão genial que cada devaneio do artista toca o devaneio de seus leitores, tornando sua obra universal.

A nostalgia, o inestimável valor do momento, a família e o amor são alguns dos temas abordados com simplicidade e lirismo. 

Passear por Éden é uma oportunidade de ver-se de outra forma, como uma criatura mágica, habitante de um mundo bucólico e paradisíaco. Éden não é perfeito, mas é um paraíso por dar forma a sonhos e ideais, além de permitir que os fatos comuns do dia-a-dia sejam vistos através de uma perspectiva mágica, transformadora. 

Tive a oportunidade de conhecer Kioskerman no 7º Festival Internacional de Quadrinhos. Apesar da barreira dos idiomas, pudemos bater um papo muito legal. E ainda por cima ganhei uma tirinha feita sob medida! 

Por fim, acredito que nada melhor para falar de Éden que o booktrailer feito pelo próprio autor, abaixo:


Como afirmado no site da editora Zarabatana, que publicou Éden no Brasil, tenho certeza que cada leitor que tiver contato com este livro terá, ao fim de sua leitura, a certeza de ter sido um afortunado viajante no paraíso.

Ficha técnica:
Título: Éden
Autor: Pablo Holmberg (Kioskerman)
Edição: 1
Editora: Zarabatana
ISBN: 9788560090280
Ano: 2010
Páginas: 120
Tradutor: Claudio Roberto Martini


Link para o livro no Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/144905


4 comentários:

Tyr Quentalë disse...

Eu quero!!!!
...
...
...
Nerito, vc deveria ser alguém da área de publicidade ou Marketing, pois sempre me deixa com vontade de comprar livros e mais livros...
Beijos ;)

Fefa Rodrigues disse...

Nerito acredita q eu já li A Sombra do Vento 3 vezes e não reparei nestes pontos que vc citou... reparei muito isso em Os Três Mosqueteiros... o Dumas "dá umas viajadas"... se confunde em alguns momentos...

Certeza q vou acabar lendo novamente dai vou reparar nestes pontos que vc citou!!!

Hummm férias... q delícia!!! As minhas só em janeiro!!!

Teixeira disse...

Eu não acredito que deixei esse cara passar!!!!

Diego França disse...

Que legal! A temática e a forma como é abordada parece muito interessante! Vou acessar o site e conhecer um pouco mais do trabalho.
Obrigado pela dica!

Abraço,
Diih.
Blog Vida e letras
http://blogvidaeletras.blogspot.com