domingo, fevereiro 26, 2017

Primeiro livro do ano!

Originalmente publicado no Instagram dia 01/01/2017.
Uma coletânea de contos tradicionais, com o acréscimo de duas histórias autorais. São narrativas leves e bem humoradas, carregando na letra o mesmo jeito manhoso da oralidade do contador de histórias.
O contador de histórias
Roberto Carlos Ramos
Vários ilustradores
Editora Leitura

sábado, fevereiro 25, 2017

Vídeo: Tatu bobo de Ana Maria Machado

Trago para vocês a leitura desse simples mas divertido texto. 

Livro: Tatu bobo
Autora: Ana Maria Machado
Desenhos: Claudius
Editora Salamandra

quinta-feira, fevereiro 23, 2017

Reavendo sonhos


Quem costuma aparecer esporadicamente por aqui deve perceber que costumo ser intermitente em minhas atualizações. São por vezes dias de diligentes postagens sucedidos por meses de silêncio. Resolvi dar um basta nisso. 
Quem me conhece sabe que o blog é uma parcela, por vezes pequena, de minha escrita. Sempre tive o desejo de tornar este espaço mais dinâmico, dialógico, com participações dos visitantes. Infelizmente, acho que ainda me falta confiança, mais do que diligência para dar novo fôlego a este que pretendia ser a plataforma de divulgação de meus trabalhos. Quem sabe, talvez, um dia.
Com uma razoável determinação que me atingiu hoje, resolvi então explicitar aqui algumas determinações que tenho praticado já neste ano que alcança o final de seu segundo mês de vida. 
Desde o dia primeiro, tenho utilizado o meu perfil no Instagram para atualizar fotos de capas dos livros que tenho lido. Publico com a hashtag #UmLivroPorDia. O objetivo é justamente ler pelo menos um livro infantil todo dia. Sabem como é, porém, a realidade diante do ideal. Estou perto de manter a meta, mas faltam dois livros para completar os 54 de hoje. 
Sim, eu deveria ter lido pelo menos 54 livros infantis em 2017! Espero que antes de meia noite eu já tenha conseguido esse intento.
Outro objetivo é retomar as visitas às escolas, tanto como escritor quanto como contador de histórias. Esse eu já comecei a cumprir. Tanto que agendei para contar histórias na UMEI Primeiro de Maio na segunda semana do próximo mês. E pretendo montar um diário dessas apresentações. 
Além disso, quero retornar com as resenhas semanais. Estou pensando seriamente em resenhar a trilogia da Fundação, de Isaac Asimov, mas não sei se estou à altura. E inclusive vou continuar resenhando livros infantis, como comecei a fazer em outros momentos.
Vou criar uma página aqui no blog para manter a lista atualizada dos livros que entrarão no desafio de leitura diária. O título será "Um Livro Por Dia em 2017". Se não gostarem, estou aberto a opiniões!
Por fim, quero retomar meus vídeos. Não será mais o quadro Vídeo de Terça. Acho que ser obrigado a postar vídeos toda terça-feira um pouco pesado, uma vez que estarei envolvido em tantas outras coisas.
Não posso deixar de contar que pretendo falar um pouco mais do meu trabalho como contador de histórias e mediador de leitura, apresentando pequenas pílulas de alegria em momentos preciosos com as crianças que eu tiver o privilégio de encontrar.
Bem, pessoal, creio que seja isso. Espero poder cumprir esse objetivo de deixar o blog um pouco mais animado, e conto com vocês, leitores, para me ajudarem com opiniões e sugestões para continuarmos guardando histórias ao compartilhá-las com todos que pudermos!

quinta-feira, fevereiro 09, 2017

Canto de um nunca mais

Quando criança
Ouvia ela cantar:
"Sabiá lá na gaiola
Fez um buraquinho
Voou..."
E de repente,

Numa tarde

Quem voou para longe
Foi o suspiro
Da minha avozinha.
E a gaiola, o corpo
Tão fraquinho e franzino
Que não mais conseguiu
Segurar uma alma
Desejosa em voar.
A menina chorosa
É minha alma

Que se espreme
E tenta lembrar

Das tardes
Quando ela cantava
E contava
De um sabiá
Que prometia voltar.