quarta-feira, abril 01, 2015

Reconhecimento

Não é mera frieza,
Nem desdém.
Sou um daqueles abortados
para fortes sentimentos.
Os sonhos que alimento
há muito perderam a validade.
Nada que eu faça
trará qualquer calor.
No frio da decomposição
alimento meus dramas.
Minha paixão é fogo-fátuo.

Nenhum comentário: