sexta-feira, julho 18, 2014

A partida de um grande escritor

Ainda me lembro com vivacidade da aventura que foi desvendar Paraty em plena FLIP. E foi indefinível o prazer que senti ao beber das palavras de João Ubaldo Ribeiro. Com todo aquele seu carisma, sua boa prosa, seu sorriso fácil e sempre franco, João disse algo que me impressionou profundamente. Ele disse que a Literatura é um dos mais poderosos meios para sermos o outro. E arrematou: "quando escrevo, se eu quiser posso ser puta".
Obrigado, João Ubaldo Ribeiro!

Nenhum comentário: