quarta-feira, janeiro 19, 2011

Tempo

O dia que começa é como o reflexo do que termina. O tempo parece fluido, escapa de nossas mãos, nos deixando a sensação de vazio.

Um comentário:

Tyr Quentalë disse...

Mas a sensação de vazio perdura enquanto nossa mente assim permanece muda. O reflexo se distorce e muda ao decorrer do dia que encontramos os fins de um novo meio que renova.