segunda-feira, março 02, 2020

MATER

CANSADO ESTOU
DOS DIREITOS
PATERNOS
O PATER
QUE TOMA
USA E DEPOIS
DESCARTA
EVOCO
O PODER
DO VENTRE
DO SEIO
DO FEMININO
QUE SEJA
O TEMPO
DAS DEUSAS
QUE VENHA
ABAIXO O
MASCULINO
QUERO
O DIREITO
A UMA
MÁTRIA

2 comentários:

Pam disse...

Eu amei esse poema!

Samuel Medina (Nerito Samedi) disse...

Obrigado, meu Amor!