segunda-feira, agosto 19, 2019

Conte Outra Vez: coletânea de contos inspirados em canções de Raul Seixas


Em livro digital gratuito, escritores prestam tributo ao cantor 30 anos após sua morte.



Este ano se completam 30 anos da morte de Raul Seixas. Para celebrar o legado musical do Maluco Beleza, o escritor T. K. Pereira organizou a coletânea Conte Outra Vez.



Inicialmente, o livro teria apenas 30 contos, mas recebeu 6 faixas-bônus. “Percebi que as canções escolhidas permeavam quase todos os álbuns 17 álbuns de estúdio, deixando de fora o primeiro e os últimos. Então convidei mais autores e pedi que eles escolhessem uma canção de cada álbum faltante. Para tornar o tributo ainda mais completo, o escritor Bráulio Tavares liberou a publicação de uma canção de sua autoria, uma apropriada elegia ao rei do rock brasileiro.”, diz T. K. Pereira.



O livro traz autores de estilos e trajetórias próprias, mas que compartilham o fascínio pela figura e pelas obras do Raul. Algumas inspirações são mais sutis, outras mais diretas, com o próprio cantor surgindo em várias narrativas. Houve a preocupação de dar diversidade à coletânea, reunindo escritores de Minas Gerais, Paraíba, Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Sul, São Paulo e outras partes do país.



 “Os anos criaram misticismos e lendas ao redor do Raul, mas o que ficou dele para mim foi o artista que nunca deixou de acreditar em si mesmo, em sua obra e no que tinha a dizer, por mais obstáculos que surgissem em seu caminho”.



Gratuito e exclusivamente digital, o livro estará disponível a partir do dia 21 na Amazon, Apple Books e outras plataformas digitais, incluindo o site oficial do organizador (www.tkpereira.com.br).

Lista de Autores e Canções Escolhidas

 Adriane Garcia - MG - Se o rádio não toca
 Alessandra Barcelar - SP - Para Nóia
 Alessandro Garcia - RS - Meu Amigo Pedro
 Ana Elisa Ribeiro - MG - Metamorfose Ambulante
 Ana Luiza Rizzo - RS - O Trem das 7
 Betzaida Mata - MG - Ave Maria da Rua
 Bráulio Tavares - PB - Chegada de Raul Seixas ao Castelo de Avalon
 Bruna Brönstrup - RS - Check-up
 Bruno Ribeiro - MG/PB - Maluco Beleza
 Cinthia Kriemler - RJ - Ouro de Tolo
 Cris Vazquez - RS - Al Capone
 Cristiano Rato - MG - Na rodoviária
 Eduardo Sabino - MG - Canto pra minha morte
 Elizabeth Gouvea - MG - Você roubou meu videocassete
 Gisela Rodriguez - RS - O Dia em que a Terra parou
 Irka Barrios - RS - Gita
 Ivandro Menezes - PB - Mosca na Sopa
 João Matias - PB - A Maçã
 Joedson - PB - Sociedade Alternativa
 Julia Dantas - RS - Meu Amigo Pedro
 Katia Gerlach - RJ - Gospel
 Matheus Borges - RS - Paranóia II
 Maurem Kayna - RS - Medo da Chuva
 Nathalie Lourenço - SP - Aluga-se
 Renata Wolff - RS - Segredo da Luz
 Roberto Menezes - PB - Caminhos
 Samuel Medina - MG - Trem 103
 Sérgio Tavares - RJ - Metrô Linha 743
 Simone Teodoro - MG - S.O.S
 T. K. Pereira - BA/MG - Tente Outra Vez
 T. S. Marcon - SC - Mamãe eu não queria
 Tadeu Sarmento - PE/MG - Dr. Paxeco
 Taiane MariaBonita - RS - Judas
 Tiago Germano - PB - Sessão das 10
 Tiago Motta - MG - Como Vovó já Dizia
 Wander Shirukaya - PE/SP - Rock das Aranha

T.K. Pereira

A Palavra do deus

É forte como a dor
É dura como o horror
e fura como uma
presa bestial
Distorce o real
Infame, espalha o mal
A palavra sangrenta
do senhor

sexta-feira, agosto 16, 2019

Flicts - Uma ode à empatia

Era o ano de 1986. Um garotinho introspectivo e desajustado encontra um livro que é quase de seu tamanho. Em suas páginas, cores fortes saltam em sequências oníricas. Admirado, o garotinho descobre uma história sobre preconceito e autodescoberta. Ele se descobre.

Esse é o início de minha história com Flicts, clássico do escritor e ilustrador Ziraldo. A saga de uma cor incompreendida buscando o seu lugar me cativou, como tem feito com tantas crianças - e adultos - há 50 anos.

Pioneiro em tantos aspectos, o primoroso livro de Ziraldo aborda um tema que não perde sua atualidade. Afinal, a humanidade, desde os primórdios tropeça em conviver com suas diferenças.

Flicts é um livro que suporta múltiplas narrativas. As formas e cores, seguindo um desenho básico, dialogam com todas as faixas etárias. A sequência de imagens apresentam uma narrativa que pode ser facilmente acompanhada por quem ainda  ao passou pela alfabetização. Ainda assim, essa simplicidade é de um refinamento que dialoga com a poesia concreta.

Seu texto, porém, não perde em riqueza poética. O ritmo, a escolha nas palavras e sentidos constrói um conflito que cresce rumo a um clímax. Por ser uma obra-prima, texto e imagem se completam nessa tensão. 

E nesse clímax, nós leitores temos então uma grande reviravolta. Nela, somos compactados com a verdade que todas as pessoas são feitas da mesma matéria, não importando as aparências. 

Entendemos que, assim como a lua, nossa alma é Flicts.

Ficha Técnica 
Flicts
Ziraldo
Ano: 1969 
Páginas: 82
Idioma: português 
Editora: Expressão e Cultura

terça-feira, agosto 13, 2019

O Saci no CCLAO


Oficina Literária "O Saci, de Monteiro Lobato"


Leitura de trechos do livro "O Saci", de autoria de Monteiro Lobato, seguida de atividade criativa sobre as origens e peripécias do personagem, com Samuel Medina.


Dia 14, quarta, às 14h30

Centro Cultural Liberalino Alves de Oliveira
Avenida Antônio Carlos, 821 - Mercado da Lagoinha
Contato: (31) 3277-6091 ou 3277-6077


Vídeo: Uma Chapeuzinho Vermelho - Marjolaine Leray


Que criança não vive a sensação de medo através da figura do famoso Lobo Mau? Ele é grande, forte, feroz e ruim até o último pelo. Aqui neste livro, ele continua sendo tudo isso, com a diferença de que a Chapeuzinho, além de muito esperta, não tem nenhuma compaixão pela fera. Uma coisa é certa, o final é surpreendente!

Ficha Técnica

Título original: UN PETIT CHAPERON ROUGE
Tradução: Júlia Moritz Schwarcz
Páginas: 48
Formato: 20.30 X 13.60 cm
Peso: 0.184 kg
Acabamento: Capa dura
Lançamento: 20/04/2012
ISBN: 9788574065281
Selo: Companhia das Letrinhas

https://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=40672

segunda-feira, agosto 12, 2019

Primavera Literária 2019

A CONSTRUÇÃO DE UM CAMINHO COMUM PARA BIBLIOTECAS E O MERCADO EDITORIAL - A relação entre o mercado editorial brasileiro e as políticas de aquisição de livros para bibliotecas públicas e escolares.

Mesa de discussão com:
. Volnêi Canônica
. Samuel Medina
. Guilherme Relvas
. Viviane Maia
. Mediação: Rosana Mont'Alverne


"O mercado editorial brasileiro, especialmente sua produção infantil e juvenil, funciona, não exclusivamente, mas em grande medida, em torno de políticas de aquisição de livros para bibliotecas públicas e escolares. Em nosso atual contexto, como pensar essa relação, considerando aspectos como liberdade de expressão, financiamento e compromisso com um projeto amplo e longevo de formação de leitores e fortalecimento das bibliotecas?"

Dia 15/08/2019
11h30
Sala 206 (não será na sala multiuso)



terça-feira, agosto 06, 2019

Vídeo: 20 disfarces para um homenzinho narigudo - Marcelo Martinez



A ideia de 20 disfarces para um homenzinho narigudo é proporcionar à criança uma brincadeira com o significado das linhas e das formas. A partir de uma base fixa – o homenzinho narigudo –, de muita imaginação e poucos traços, o pequeno leitor poderá “ver” figuras diferentes: "um carinha la da França", "um pintinho de mudança", "uma cobra equilibrista", "um elefante na piscina", e por aí vai. Ao fim do livro, uma nova aventura é proposta: quais figuras os pequeno leitor será capaz de imaginar sobre a imagem do homenzinho narigudo?

Ficha Técnica
Título: 20 Disfarces Para Um Homenzinho Narigudo
Autor: Marcelo Martinez
ISBN: 9788520932056
Idioma: Português
Encadernação: Brochura
Formato: 20 x 20
Páginas: 48
Ano de edição: 2013

segunda-feira, agosto 05, 2019

Mesmo depois

Prometo ser fiel
Em ações e palavras
Que minha poesia
jamais verá
outra musa.
Prometo ouvir
Atentamente
Todo que você
tiver a dizer.
Observar seus silêncios
com respeito e cuidado.
Prometo não te sufocar
com meus ciúmes
E te cobrir de beijos
Todos os meus dias
E...
Quem sabe?
Mesmo depois.

sexta-feira, agosto 02, 2019

Contos de Amor e Morte - Com Pâmela Bastos e Samuel Medina


Princípios e Fins. Presume-se que a vida começa no Amor, mas certamente em seu fim,  a morte, há que se encontrar Amor. Contos  de Amor e Morte celebra a vida em sua plenitude.

Dia 9/08/2019
No Espaço Suricato
Rua Souza Bastos, 175, Floresta. Belo Horizonte - MG.
Couvert artístico de R$ 12,00.


Contamos com as presenças de vocês!

Atualização: estaremos com uma barraquinha, vendendo o livro Patos Selvagens a quem estiver interessado. E o preço será promocional!